Há muito que sonhávamos dar conta de uma edição que colocasse em relevo a obra de Sophia de Mello Breyner Andresen. Ela está, sem nenhuma dúvida, entre os nomes mais significativos da poesia escrita em língua portuguesa no último século. As razões para darmos atenção ao trabalho da poeta portuguesa tem outra dimensão para além da significativa importância que sua obra assume para a literatura escrita no idioma de Camões: é um nome cuja atenção aqui no Brasil ainda não alcançou o limite merecido por sua obra. Além dos poetas que estão organizados em dois cadernos – nomes do Brasil e de Portugal – e dos textos dos ensaístas convidados que se revezam em assinalar a importância da poesia de Sophia, trouxemos, sobre a poeta, imagens raras, poemas, edições fac-similar de textos seus e a compilação de outros; material este que, no âmbito do cenário nacional chega a figurar como inédito aos olhos do leitor convencional. 


Para ler ou baixar a edição clique aqui
Espuma das palavras, de Rui Santos (opúsculo encartado no n. 11 da Revista 7faces)

(clique sobre a imagem para ampliar)


Gênero
Poesia

Capa e ilustrações
Diane Sbardelotto

Páginas
74

Sobre o opúsculo
Espuma das palavras traz a relevo o exercício da força imaginativa do escritor como produto da relação com os acontecimentos de sua própria vida, das leituras e da aproximação que mantém com os principais temas de seu tempo” (Pedro Fernandes)